O ÊXTASE E A POSSESSÃO   

Carta nº. 54 do Florilegio Epistolar,de Louis Cattiaux[1]

 

 

Seleção de Emmanuel d’Hooghvorst

Tradução do espanhol: Regina de Carvalho

 

 

           Os êxtases provocados pelas drogas ou a dança são perigosos, pois podem entregar-nos aos demônios que perambulam por todas as partes em busca de morada; pensa nisso. É preferível esperar que Deus nos o envie no momento oportuno, e inclusive prescindir dele se não se produz por si mesmo, e eu acrescentarei, ainda mais, contra nossa vontade. Com certeza, devemos atrair Deus dentro de nós e abrir-lhe a porta, mas temos de ir com muito cuidado de não abri-la a qualquer um, devido a nossa pressa por deixar de sentirmo-nos sós na casa de nosso espírito. Está claro?



[1]Arola Editors, Tarragona (E), 1999


Mais artigos...

  1. VULCANO E LÚCIFER