POEMAS DE LOUIS CATTIAUX

 

 

 

                         Como uma terra prometida abeberada de inocência, eu me entrego àquele que desembaraça a minha noite, e o meu coração se decanta no repouso e luz.

 
 

* * *

 

                         Antiga solidão das florestas primordiais onde brilha a esmeralda emanada das estrelas! Aquele que vos encontrou possui o segredo divino que um mestre certo nos legou no pão e no vinho!